Este é o blog duma Bruxinha Laranja! =)
*Olhó póst freskinhu!

* Fecha-se uma janela...

* Tá a chover!

* Passatempo: Made With Amo...

* Alguém se lembra deste an...

* Preguiçaaa

* Já ouviram falar da Cocic...

* Direito de Opinião

* Divulgando, divulgando...

* Conheço quem gostasse que...

* E a história continua...

*E aqui se fez história...

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

*subscrever feeds
*Partido Pelos Animais e Natureza
Partido pelos Animais e pela Natureza
*Segue-me! Follow me!
Twitter
*Plantem uma árvore!
origem
Terça-feira, 28 de Abril de 2009
Um post sobre um assunto sério. A sério!

Vi hoje na Zwame um tópico sobre a Anencefalia e não pude deixar de o comentar aqui no meu cantinho. Eu sei que não comentei lá, mas penso que as minhas ideias começavam a descambar do tópico e isso é algo que ali, não faço.

 

Ora bem. A notícia é a seguinte:

 

Bebé de 9 semanas vive sem cérebro

A crianca está viva em todos os termos técnicos, mas não tem pensamentos, consciência ou emoções.

Basicamente a criança nasceu sem a maioria do cérebro (tem apenas a zona que permite os actos reflexos, como bater o coração e respirar), mas continua a crescer e tem as funções basicas de sobrevivência. Os médicos disseram à mãe que a crianca só se mantinha viva enquanto estavam ligadas, mas por fortes convicções religiosas, a mãe prossegiu com a gravidez. Depois do nascimento a criança continua viva (já tem 9 semanas de vida), sem ajuda de aparelhos ou tubos.

Geralmente estas crianças não nascem, mas esta mãe resolveu ter a criança e está a criar uma boneca viva. A pequena Faith nunca terá qualquer relação directa com o mundo e ninguém sabe como é que ela ainda está viva!


Blog da mãe:
http://babyfaithhope.blogspot.com/  

 

 

Bem, primeiro a notícia já não pode ser totalmente verdadeira, porque a bebé neste momento é alimentada através de uma sonda nasal.

De seguida, deixo-vos a página da Wikipédia sobre a Anencefalia, que está em inglês e que tem imagens que podem ser consideradas chocantes. A mim não me fazem a mínima das diferenças, mas se for impressionável, não veja

 

Este é o link que pode eventualmente chocar algumas pessoas! Mas contém informações interessantes sobre a doença.

  

Bem. E agora deixo a minha opinião. Sei que vou chocar várias pessoas, mas bolas, eu tenho direito a ter opinião e a mostrá-la no meu cantinho. Quem não quiser ler, não leia. Se quiserem ler e não concordarem, comentem. Se quiserem ler e concordarem, comentem na mesma.

 

Se eu um dia estiver grávida e souber que o meu filho vai ter algum problema físico ou mental, aborto.

 

Se não puder vir a ter filhos saudáveis, prefiro não trazer ao mundo alguém que, no caso de eu morrer, só trará problemas a quem o acolher.E não só. Eu sei lá se ele/a vai ser bem tratado!

 

Eu nunca quereria ter uma criança como aquela. Acho que sofria muito mais em tê-la, amá-la durante alguns meses (ou, sabe-se lá, alguns anos) sabendo que ela nunca iria ver, ouvir, sentir as coisas boas da vida, do que se não a chegasse a ter.

 

Podem achar que me estou a contradizer. Uma criança com uma deficiência mental muitas vezes é capaz de aproveitar o mundo. Claro que é. Eu conheço crianças com deficiências que são super felizes Mas... e se me acontecer algo?

 

Quem vai tomar conta de uma criança com problemas?

 

Vai para uma instituição?

 

Claro que se a minha mãe for viva, me toma conta dele/a. Mas se não for?

 

Como é óbvio eu não sou extremista ao ponto de, se tiver um filho que nasça com problemas (e que eu não saiba durante a gravidez), o dar para a adopção. Claro que não! Mas, se eu tiver hipóteses de escolha, prefiro não o ter. 

 

Tenho dito.

 

Agora batam-me por ter opinião.

 

Tumba!

 

Eu estou...: Feliz. E vingada.
Por aqui ouve-se...: Nightwish - The Islander
Wrote by... Witchie às 01:29
Link para a parvoeira acima descrita | Comenta!!! | Adiciona-me aos favoritos!
|
origem
*Uma Bruxa Laranja é isto:
*Aqui pesquisa-se...
 
*Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
*tags

* todas as tags

*Favoritos

* Azar a mais numa 6ª feira...

* Num momento podemos estar...

*My Links
free counters
*Comentários freskinhus!
eh eh comprei uma a minha mulher e agora ate ela j...
É uma excelente panela
Obrigada por me adicionares à tua lista de amigos ...
Não, é no nº1 de Benfica, um dos públicos :)Muito ...
é no pedralvinhas? olha mesmo a serio, se precisar...